kudo Box e Delegation Board – Além da Motivação Financeira

kudo box Management 3.0
Daniel J. F. Nunes Out 10, 2017 Blog, Gestão 3.0, Management 3.0 0

Motivação

Afinal o que é motivação ? É ser feliz ? É enxergar o mundo com outros olhos?  É conquistar resultados?  É superar obstáculos?  É ser persistente ?  É acreditar nos seus sonhos? É o quê ?

Motivação são aquelas coisas que incentivam pessoas a realizar determinadas ações e a persistir nelas, até alcançar os seus objetivos. Por outras palavras, é o impulso interno que leva à ação.

Sem a motivação, o indivíduo não consegue se sentir disposto nem para as pequenas tarefas do dia a dia. A motivação pode estar relacionada a fatores internos – como as emoções, por exemplo, ou externos – como as relações no ambiente de trabalho.

Motivação Intrínseca e Motivação Extrínseca

Entenda qual é a diferença entre a motivação intrínseca e extrínseca:

A motivação intrínseca – também conhecida como motivação interna – está relacionada à força interior, capaz de se manter ativa mesmo diante da adversidade. É a motivação gerada por necessidades e motivos pessoais.

A motivação extrínseca – também conhecida como motivação externa – está relacionada ao ambiente, às situações e aos fatores externos. É a motivação gerada por processos de reforço e punição.

No entanto, não podemos dizer que a motivação extrínseca é fruto da ação do ambiente e a intrínseca da pessoa, por que, como se verá, a motivação é sempre fruto de uma interação entre a pessoa e o ambiente.

Importante também é observar que os dois tipos de motivação podem aparecer mesclados, como, por exemplo, quando a pessoa estuda um tema que a interessa (motivação intrínseca) e consegue com isso uma boa nota (reforço: motivação extrínseca).

Em um experimento clássico, Lepper e seus colaboradores (1973) dividiram um grupo de crianças em três grupos menores: cada um dos grupos recebeu a tarefa de desenhar com canetas coloridas; o primeiro grupo foi informado de que ganhariam um brinde de reconhecimento pelo trabalho, o segundo recebeu um brinde surpresa, sem ter sido informado e o terceiro não recebeu nada. Os autores observaram que todas as crianças desenharam com as canetas – atividade apreciada pelas crianças – mas as crianças a quem havia sido prometido um brinde desenharam muito menos e com menos entusiasmo do que as outras, o que os levou à conclusão de que a promessa de uma recompensa pelo trabalho diminuiu a motivação intrínseca das crianças em fazer algo que elas gostam.

Além da Motivação Financeira

Nas organizações empresariais a busca por resultados competitivos são intensos e incessante. Para alcançar  os objetivos e extrair o máximo dos profissionais, as empresas criam sistemas  de gratificação financeira, onde cada meta atingida pelo indivíduo lhe dá direito a um acréscimo salarial.

Vimos que esse tipo de motivação é chamada de “motivação extrínseca”, ou seja, se trata de uma motivação externa em que o indivíduo é recompensado pela execução de atividades.

Muitos de vocês dirão que a motivação financeira é a forma correta de motivar pessoas em ambientes empresariais.

Estudos recentes comprovam que a motivação financeira não ajuda as pessoas  a se tornarem felizes com o que elas fazem.

Em um estudo realizado pelos pesquisadores Yook Jik Cho e James Perry, que mostrou que os níveis de engajamento dos funcionários eram três vezes mais fortemente relacionados a motivos intrínsecos que extrínsecos, mas que ambos os motivos tendem a se cancelar mutuamente. Isso significa que os funcionários que estão intrinsecamente motivados são três vezes mais engajados do que os que estão extrinsecamente motivados (como por dinheiro). Em resumo, é mais provável que você goste do seu trabalho se puder concentrar-se nele, do que se estiver focado no dinheiro.

Baseado nestes estudos, entendemos que a melhor formar de motivar pessoas e equipes é pela “MOTIVAÇÃO INTRÍNSECA”.

Equipes mais felizes, aumentam a produtividade e melhoram os resultados!

Segundo Jurgen Appelo, existe 6 regras para recompensas.

1 – Não prometa recompensas antecipadamente.

2 – Mantenha as recompensas pequenas.

3 – Recompensar continuamente.

4 – Recompensar publicamente, não em particular.

5 – Comportamento de recompensa, não resultado.

6 – Recompensar pares e subordinados.

O Kudo Box e os Kudo Cards são ótimas práticas para desencadear a motivação intrínseca.

O que é “Kudo box”

KUDO é uma maneira de escrever notas de agradecimento e/ou reconhecimento, que podem ser coletadas em uma caixa e posteriormente lidas em voz alta ou podem ser entregues a companheiros de equipes ou até mesmo colado em paredes.

Kudo Cards
Kudo Cards

 

Através da utilização deste exercício, você pode esperar que os membros da equipe se sintam apreciado pelos outros. Eu acredito que a maioria de nós, estamos tão ocupados com nossas atividades diárias que nos esquecemos de agradecer o que os outros fazem para a equipe ou a nós.

 “Kudo Box” na Prática

Escolhemos fazer o exercício na “Daily Meeting”, aonde encerrávamos o encontro com a leitura em voz alta dos “Kudos Cards” e em seguida colávamos no “Kudo Card’s Wall” .

Para as pessoas que recibam o kudo card, era oferecido um bombom.

Como foi elaborado.

  1. Primeiro criamos o nosso “Kudo Box” e colocamos em um ambiente visível para que todo a equipe pudesse visualizar.
  2. Fizemos um pequeno bate papo com a equipe para explicar os benefícios do execício e como funcionaria a dinâmica.
  3. A cada “Daily Meeting” liamos as mensagens e oferecíamos um bombom a pessoa que recebeu a mensagem.
  4. Em seguida colocava as mensagens no “Kudo Card’s Wall” para que todos pudessem ver.
Kudo Wall
Kudo Wall

Com a Adoção da prática, começamos a notar um maior introrsamento e produtividade  da Equipe.

Compartilhem e Deixem o seu comentário.

Meu nome é Daniel J. F. Nunes e a ideia é compartilhar.

Referências:

Write your comment Here